Escravo

Escravo!
Preso na consciência de si mesmo!
Incapaz de perceber que tudo tem reação!
Escravo!
Encarcerado aos grilhões da mente engessada
Preso a conceitos tão antiquados
Por quanto tempo mais será escravo?
Escravo de tudo
Assim como um zumbi
Não há desejos em sua alma
Não há sentimentos em seu coração
Além dos que a sociedade diz que devem estar lá
Ele é só um pedaço frio de sociedade
Só outro escravo que crê ser livre

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s