Blasé

– Você é inacreditável!
As palavras ecoam na minha memória. Ele com o indicador e o médio da mão esquerda apoiados sobre o lábio superior. A imagem da perfeição blasé impressa na memória. Aquelas palavras simples emolduradas pelo sorriso de quem sabe o que não devia.
E, quando notou que eu estava sem graça, riu-se de mim. O riso silencioso de alguém se simpatizando da falta de tato alheia. Ria-se de mim enquanto passava os dedos pelos cabelos castanhos já bagunçados, evidenciando ainda mais uma falha nos cabelos próximos à têmpora direita.
Tentei cortar o contato visual e sair do transe induzido pela mescla de verde-avelã dos olhos dele. Mudei de assunto enquanto me questionava internamente se ele tinha consciência do próprio charme.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s