Muriel

Foi olhando nos olhos de Muriel que eu entendi que minhas dúvidas não eram nada.

Muriel sorria e ajeitava o cabelo grisalho num coque. O sorriso humilde era emoldurado pelo cinzento da barba espessa tirada à gilete por anos. O cabelo era dividido de lado para encobrir as entradas nas têmporas que o passar dos anos haviam aberto.

As roupas dela eram tão simples quanto da época que era Ele. A maquiagem realçava os olhos risonhos e desatentos de Muriel. Os mesmo olhos Dele.

Você se hipnotiza ouvindo a voz doce, porém áspera, dela contando a história de sua vida como Ele.

E, no meio disso tudo, repara que suas dúvidas sobre quem você é não podem sequer ser comparadas às dúvidas dela.

Muriel, até hoje, não sabe se deve continuar usando artigos masculinos ou femininos para falar de si mesma.

Um pensamento sobre “Muriel

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s